trabalhadores epi construção segundo andar sobre compensados obra cortando madeira

O que é construção a seco?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A construção a seco não utiliza argamassa, dispensando o uso de água na obra. Assim, é um método que basicamente faz a montagem e instalação de estruturas fabricadas industrialmente.

Além de ser mais sustentável por economizar água, todos os materiais podem ser reciclados. Conheça outras vantagens:

  • Ágil: Os materiais são feitos de estruturas previamente construídas, tornando a construção a seco mais rápida ao exigir apenas montagem e instalação;

  • Econômico: De uma forma geral esse método já possui um custo menor. É também muito eficiente por ser mais fresco no calor e mais quente no inverno;

  • Resistente: Esse tipo de material passa por diversos processos industriais tecnológicos na sua fabricação, sendo altamente resistente e durável. Pelo mesmo motivo, respeitam as normas de segurança.

Que tipo de material é usado na construção a seco?

  • Estruturas metálicas: Perfis de aço galvanizado conformados a frio e montados para uso como esqueleto estrutural do imóvel. As estruturas são montadas sobre uma fundação utilizando chumbadores. Como a estrutura em aço é mais leve que em alvenaria, a fundação também é simplificada;

  • Parede dupla de concreto: As paredes de concreto chegam prontas ao local da obra. Elas são ligadas entre si por uma armadura em treliça, de função estrutural. Uma vez instaladas, o espaço entre as paredes pode ser preenchido por concreto, isopor ou poliuretano expandido;

  • Placas de gesso: São montadas sobre uma estrutura de aço, cobertas de papel cartonado, que podem ter diferentes espessuras, dependendo da aplicação. As paredes normalmente são compostas por duas placas de gesso, que garantem isolamento térmico e acústico.

Informações: Eternit, parceira da Irka Telhas.